Overall Equipment Effectiveness (OEE)

O que é  Overall Equipment Effectiveness (OEE)?

O OEE é um indicador que mostra a diferença entre o ideal e o real, considerando três aspectos ou componentes:

  • Disponibilidade;
  • Performance;
  • Qualidade.

As seis grandes perdas:

  • Perda por quebra da máquina – contribui com a maior parcela na queda do rendimento do equipamento;
  • Perda por setups e ajustes;
  • Perda por queda de velocidade – diferença entre a velocidade nominal do equipamento e a velocidade real;
  • Perda por operação em vazio – problemas a montante, obstrução de peças.
  • Perda por defeitos e retrabalhos no processo;
  • Perda por defeitos e retrabalho.

DISPONIBILIDADE:  Perdas de tempo (paradas)

PERFORMANCE:  Perdas de velocidade (máquina operando abaixo do ideal)

QUALIDADE: Perdas de qualidade (máquina produzindo peças com defeito)

O OEE é o produto das três componentes ou índices.

 OEE  =  Disponibilidade  x  Performance  x  Qualidade.

 

Veja o exemplo no vídeo:

O que dizem os especialistas?

  • O objetivo do OEE é monitorar a máquina ou o processo e não os operadores, o resultado será uma foto imparcial do equipamento;
  • É usado para medir as melhorias implementadas pela manutenção produtiva total (TPM);
  • É uma medição que procura revelar custos escondidos na empresa;
  • A meta a ser buscada é uma OEE de 85% para os equipamentos.  Para se obter esse valor de OEE é necessário que seus índices sejam de: 90% para disponibilidade, 95% performance e 99% qualidade.

 

Posted in Indústria 4.0, Overall Equipment Effectiveness (OEE), Sem categoria.

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *